quarta-feira, 29 de julho de 2020

Educação mobiliza em torno de um milhão de pessoas no RN

internet


VOLTA ÀS AULAS ESTÁ SENDO ANALISADA

O Comitê Setorial da Educação do Estado, coordenado pelo secretário estadual Getúlio Marques, analisa a situação para o retorno às aulas na rede pública. Fátima Bezerra adiantou que a data indicativa para o retorno, prevista no último decreto para 17 agosto, não deverá se confirmar.

"A educação é um segmento que representa 30% da população do Estado. Somadas as redes pública e privada o setor mobiliza um milhão de pessoas. Por isso, só com ambiente seguro do ponto de vista sanitário é que podermos volta às atividades", justificou, para lembrar que "a Covid não acabou, o vírus continua circulando, é preciso muito cuidado".

NOVOS LEITOS
A governadora anunciou, na ocasião, a abertura de novos leitos para assistência Covid. "A combinação de oferta de leitos e isolamento social foram fatores decisivos para o atual quadro de queda na pandemia no RN. A tendência de redução vem se mantendo há algumas semanas. Mas tivemos o aumento da taxa de transmissibilidade, o que motivou a suspensão da terceira fase da retomada das atividades econômicas".

Em Mossoró, o Governo do Estado vai renovar o contrato com o Hospital São Luiz para continuar oferecendo 65 leitos - 40 de UTI e 25 clínicos. A renovação é resultado de Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com prazo para os próximos três meses e tem o valor de R$ 12,1 milhão, sendo 70% (R$ 9 milhões) custeado pelo Governo do Estado e 30% (R$ 2,1 milhão) pela prefeitura de Mossoró.

Até 15 de agosto, o Poder Executivo Estadual instalará mais 10 UTIs no Hospital Regional de Assu, cinco UTIs no Hospital municipal de Macau e 10 leitos clínicos e cinco UTIs no Hospital Mariano Coelho, em Currais Novos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário