segunda-feira, 27 de julho de 2020

Países asiáticos voltam a adotar medidas de isolamento após novos surtos de Covid-19.

Viu isso?
Publicidade na rede: o MP pediu investigação sobre anúncios do BNDES e do Banco do Nordeste em canais ligados a blogueiros e deputados investigados no inquérito das fake news.
Desvios na Educação: o governador do Piauí foi alvo de operação da PF contra fraudes em contratos de transporte escolar.
Vaivém do Judiciário: Toffoli atendeu ao pedido de Aras e arquivou abertura de inquéritos autorizada por Fachin a partir da delação de Sergio Cabral com menção a ministros de tribunais superiores.
Suspeitas no tribunal: a PGR afirma que mulher de desembargador do Rio recebeu depósitos de R$ 1,6 milhão em dinheiro vivo.
Transferências: três chefes do tráfico de drogas voltaram ao sistema penitenciário do Rio após mais de quatro anos em presídios federais.
Reabertura: lojistas do Centro do Rio têm registrado perdas de até 90% na retomada das atividades.
Super-ricos: o patrimônio dos bilionários brasileiros cresceu US$ 34 bilhões na pandemia, segundo a ONG Oxfam.
Quanto vale a onça: o preço do ouro quebrou novo recorde, superando marca de 2011. Este ano, valorização passa de 27%.
Home office: o Google pretende manter seus funcionários em trabalho remoto ao menos até julho de 2021.
Sem trégua: países asiáticos voltaram a adotar medidas de isolamento após novos surtos de Covid-19. A OMS declarou a pandemia como a pior emergência global de saúde “de longe”.

Fonte: O GLOBO

Nenhum comentário:

Postar um comentário