quinta-feira, 23 de julho de 2020

Prefeitura do Natal intensifica fiscalização das praias com apoio da PM

foto:Alex Régis

A Prefeitura do Natal avança com ações preventivas de combate à Covid-19 com uma megaoperação unindo as secretarias municipais da capital ao sistema estadual de segurança, garantindo que as medidas de isolamento social sejam cumpridas e que o processo de retomada das atividades ocorra sem sobressaltos em relação à pandemia. A medida solicitada no início da semana pelo prefeito Álvaro Dias de unir esforços do Município e do Estado virou realidade nesta quinta-feira (23), quando a Polícia Militar foi integrada à operação de fiscalização do município, que percorreu a orla urbana.

Em Ponta Negra, local que gerou polêmica após a aglomeração promovida no último final de semana, com pessoas sem máscaras de proteção, a Guarda Municipal, junto com a Semurb, comanda a operação. A ação abrange um trabalho de fiscalização e conscientização que se estende desde a faixa litorânea da praia da Redinha até Ponta Negra. Os agentes orientam as pessoas sobre o uso obrigatório de máscaras de proteção, a proibição de aglomerações e uso de equipamentos de som, além de agir contendo qualquer ação que desrespeite as regras preventivas de contágio expedidas pelo Decreto Municipal, que aponta para um planejamento técnico de retomada das atividades levando em consideração a segurança sanitária.

“A Prefeitura está fazendo a sua parte e precisamos que toda a sociedade se una nesse mesmo propósito, pois somente assim venceremos esse vírus”, disse a secretária municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes), Mônica Santos. Ela lembra que desde o início da pandemia todo o aparato da Prefeitura esteve e continua a serviço da contenção e combate ao coronavírus, refletindo na queda no contágio, de internações e na retomada gradual do comércio em Natal. “Agora, estamos contando nessas ações com o apoio do Estado, uma medida inteligente da Prefeitura que coloca o interesse público e o bem da coletividade como prioridade da sua gestão”.

A meta é que, com essa operação, a capital possa seguir o trabalho exitoso realizado ao longo da pandemia, diminuindo os casos de infecção pelo coronavírus e colocando toda a orla sob uma constante supervisão, levando mais segurança à população, garantindo a retomada da economia e o achatamento da curva de contágio na cidade. De acordo com o comandante da Guarda, Alberfram Grilo, todos os estabelecimentos comerciais, barracas e cidadãos que estiverem à beira-mar serão abordados. “Estamos ampliando ainda mais a fiscalização da Prefeitura. O governo do estado atendeu ao pedido do prefeito e passa também a nos dar apoio. Nós da Guarda, junto com o efetivo do 5° batalhão, sob o nosso comando, estaremos cobrindo toda a área de Ponta Negra, que é uma área sensível. Já o primeiro batalhão da PM ficará com a região das praias do Centro”.

Denúncias O cidadão pode denunciar qualquer desrespeito aos decretos de combate à Covid-19 ligando para o telefone 190, do Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp), e as viaturas da GMN serão acionadas para averiguar a denúncia. A denúncia pode ser feita também no 3616-9829 (Ouvidoria da Semurb), no horário das 8h às 12h, ou pelo 181 (Disk Denúncia- Polícia Civil).

Nenhum comentário:

Postar um comentário