terça-feira, 4 de agosto de 2020

Bilhete azul

Araponga
Ministro da Justiça André Mendonça demite coronel Gilson Libório de Oliveira Mendes, diretor do órgão responsável pela elaboração de um relatório de um grupo de servidores identificados como integrantes do "movimento antifascismo". 
Mendonça determinou a instauração de uma sindicância interna para apurar o trabalho da secretaria.
A ministra Cármen Lúcia, do STF, deu 48 horas para que o ministro explique o dossiê que investiga 579 servidores da área de segurança pública e professores antifascistas. 
Com informações do site Migalhas

Nenhum comentário:

Postar um comentário