sexta-feira, 28 de agosto de 2020

Bolsonaro ignora recomendação da equipe econômica e aumenta gastos com obras

Enquanto a equipe econômica faz as contas para apresentar uma nova configuração para o Renda Brasil, o presidente Jair Bolsonaro determinou aumento para R$ 6,5 bilhões no gasto previsto com obras

A equipe do ministro Paulo Guedes (Economia) defendia que as despesas ficassem em R$ 5 bilhões, mas o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, insistiu com Bolsonaro para que esse valor fosse elevado. O aumento não fere a regra do teto de gastos, tema sensível no governo, que tem provocado divergências no primeiro escalão.

fonte:O GLOBO

O BLOG: Certamente, a decisão do presidente agradou em cheio o potiguar ministro Rogério Marino defensor do Programa de obras, principalmente  no Nordeste. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário