sexta-feira, 7 de agosto de 2020

Papa nomeia seis mulheres para cuidar das finanças do Vaticano

Alto nível
O Papa Francisco continua surpreendendo o mundo conservador. 
Esta semana nomeou seis mulheres para supervisionar as finanças do Vaticano. 
No seleto grupo figura, por exemplo, a britânica Ruth Kelly, ex-ministra do Trabalho. 
Esses são os cargos de liderança mais importantes já atribuídos a mulheres na Igreja Católica.
As nomeadas são todas européias e têm carreiras financeiras de alto perfil.

Deficitário
Até mesmo o poderoso Vaticano está sofrendo “economicamente” com a pandemia do coronavírus. Uma queda acentuada foi sentida no número de visitantes aos Museus do Vaticano, uma fonte de renda para a Santa Sé.
Rosalie Arruda
Tribuna do Norte, 07 de agosto

Nenhum comentário:

Postar um comentário