quinta-feira, 24 de setembro de 2020

Visibilidade Heterossexual chega ao parlamento no RN

Censura explícita
O vereador Carlos Bolsonaro, filho do presidente, foi às redes sociais criticar a Lei da Visibilidade Lésbica, da deputada Isolda Dantas (PT), sancionada pela governadora Fatima Bezerra. 
 Acabou dando uma mídia espontânea à norma potiguar. 


Deboche!!! 
A propósito, o deputado Albert Dickson (PROS) apresentou ontem (23) projeto de lei para instituir o Dia Estadual da Visibilidade Heterossexual no RN. 
A iniciativa está sendo vista como resposta à sanção da governadora à lei que criou o Dia Estadual da Visibilidade Lésbica, que será comemorado no dia 29 de agosto. 
O projeto do deputado evangélico estabelece o dia 30 de agosto como data para dar visibilidade aos heterossexuais. 
O projeto de Lei ainda será submetido às comissões da Casa Legislativa potiguar onde se espera que prevaleça o bom senso.  
Rosalie Arruda 
Tribuna do Norte, 24 de setembro

Nenhum comentário:

Postar um comentário