quinta-feira, 29 de outubro de 2020

Sem citar Rogério Marinho, Guedes chama Febraban de "casa de lobby bancário" que incentiva o "ministro gastador"

Marinho e Guedes, clima de amizade durou pouco 
Falando sobre o Imposto de Transações Digitais durante audiência pública no Congresso, o ministro da Economia Paulo Guedes disse que a tarifa está morta pelas condições do momento e em ser ano eleitoral.
Depois, ele justificou a necessidade do novo imposto como uma condição para desonerar da folha de pagamento. 
Em seguida, sem citar o nome do ministro Rogério Marinho ele fez criticas duras à Federação dos Bancos - Febraban, chamando de "casa de lobby bancário" que incentiva o "ministro gastador" e quer derrubar o "ministro que segura".
No início do mês, durante a discussão do Renda Cidadã, os dois auxiliares do presidente Bolsonaro trocaram farpas e, de lá para cá, as relações não são nada amistosas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário