Detran

segunda-feira, 23 de novembro de 2020

Combate à fake news

O plenário do TCU revogou medida cautelar que suspendia anúncios publicitários do BB em sites, blogs, portais e redes sociais, diante da apuração do tribunal sobre repasses de verba da instituição financeira para sites acusados de publicar fake news. 

Colegiado acompanhou o relator, ministro Bruno Dantas, que em seu voto cobrou "atuação ainda mais ativa e responsável do Banco do Brasil no combate à drenagem de recursos públicos para fomentar fake news e discursos de ódio".

fonte:Migalhas

Nenhum comentário:

Postar um comentário