segunda-feira, 7 de dezembro de 2020

Após STF negar reeleição, Maia defende candidatura que represente independência

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM) defendeu para sua sucessão no comando da Casa uma candidatura que reafirme o movimento da Câmara independente e livre da interferência de outros Poderes. 
Maia concedeu entrevista à Globonews e comentou a decisão do Supremo Tribunal Federal de vedar a possibilidade de reeleição dos presidentes da Câmara e do Senado. 
Ele reafirmou que nunca foi sua intenção disputar novamente a eleição para a presidência da Câmara, em fevereiro. 
Segundo Rodrigo Maia, o ideal é construir uma candidatura que represente a independência da Câmara, que defenda a modernização do Estado brasileiro e mantenha a harmonia entre os Poderes por meio do diálogo. 
Rodrigo Maia reforçou que há cerca de quatro ou cinco nomes competitivos do seu grupo político para a eleição e que não se trata de uma candidatura que seja contra o governo. Para ele, o importante é representar o que chamou de “movimento Câmara livre”. 
Fonte: Agência Câmara

Nenhum comentário:

Postar um comentário