sexta-feira, 25 de dezembro de 2020

Coreia do Sul enfrenta "terceira onda" de Covid-19

Nem primeira, nem segunda.
A Coreia do Sul informou seu maior número diário de casos de coronavírus desde a pandemia.
As celebrações de Natal deste ano no país asiático foram marcadas por uma dura terceira onda de Covid-19.
A nação é referência como um modelo no combate o vírus, com o público seguindo em grande parte as diretrizes oficiais, mas sexta-feira viu um recorde de 1.241 novas infecções.
"Recomendamos fortemente e pedimos que você cancele todas as suas reuniões e reuniões, mesmo com seus familiares próximos", disse Yoon Tae-ho, da Central Disaster Management Headquarters.
Setenta por cento dos novos casos vieram da grande área de Seul, que abriga metade dos 52 milhões de habitantes do país.

Nenhum comentário:

Postar um comentário