Detran

sexta-feira, 18 de dezembro de 2020

Morre Doca Street, assassino de Ângela Diniz

Foto: Sebastião Marinho / Agência O Globo (17/10/1979)
De O Globo
Morreu nesta sexta-feira, aos 86 anos, Raul Fernando do Amaral Street, o Doca Street. Ele ficou nacionalmente conhecido por ter assassinado a socialite Ângela Diniz com quatro tiros no rosto em dezembro de 1976.

A informação da morte de Doca Street foi confirmada ao GLOBO por familiares. Segundo uma de suas netas, que preferiu não se identificar, ele não estava doente e sofreu uma parada cardíaca.

O assassinato de Ângela Diniz foi um marco no movimento feminista do Brasil, que começava a tomar corpo. Muitas mulheres ficaram inconformadas com o tratamento dado à vítima, que teve sua vida devassada pela defesa de Doca Street. A tese da "legítima defesa da honra" foi usada para justificar o crime. Fosse hoje, seria feminicídio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário