terça-feira, 19 de janeiro de 2021

Natal recebe 12.235 doses da vacina contra Covid-19 e inicia vacinação nesta quarta-feira

A capital potiguar recebeu nesta terça-feira (19) as 12.235 doses da vacina contra o coronavírus para utilização na primeira fase de distribuição. Os imunobiológicos foram recepcionados pelo prefeito de Natal, Álvaro Dias, que acompanhou a chegada do material à Central Municipal de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos (CEMADI), espaço destinado para estoque e distribuição de todos os imunizantes oferecidos pelo sistema único de saúde.


Em virtude do quantitativo de doses destinadas ao município, a campanha de vacinação em massa terá início nesta quarta-feira (20) exclusivamente nos quatro pontos de vacinação organizados no sistema drive-thru, localizados no Ginásio Nélio Dias, Shopping Via Direta, Arena das Dunas e Palácio dos Esportes. As primeiras doses da vacina atenderão apenas aos profissionais da saúde que estão na linha de frente do combate à doença, bem como aos idosos atendidos em instituições de longa permanência (como abrigos). A aplicação acontecerá das 08 às 16 horas.

“Esse é um momento de muita emoção e que sinaliza uma esperança enorme para todos nós. A chegada das vacinas é um marco e Natal está preparada e pronta para iniciar essa campanha de vacinação em massa. Neste primeiro momento, em razão do número de doses recebidas, adotamos a estratégia de priorizar os profissionais que estão na linha de frente no combate à Covid-19. Além deles, os idosos institucionalizados serão imunizados, já que são do grupo de alto risco. Pedimos paciência e solidariedade às demais camadas da população que não poderão se vacinar nesta fase, mas garantindo e reforçando que a medida em que forem chegando mais vacinas iremos ampliar esse trabalho”, destacou Álvaro Dias.

As vacinas para os idosos residentes em abrigos de longa permanência serão enviadas até estes locais. Já o processo de vacinação para os profissionais de saúde que atuam na linha de frente seguirá alguns critérios. Só receberá a vacina o profissional da rede pública ou privada que comprovar o vínculo funcional e atestar o serviço através de apresentação de escala de trabalho assinada pelo diretor de sua unidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário