terça-feira, 16 de fevereiro de 2021

Tocilizumabe reduz mortes por Covid em 4%, diz estudo britânico

O estudo Recovery, um ensaio clínico britânico criado com o objetivo de identificar tratamentos que podem ser benéficos para pessoas hospitalizadas com suspeita ou confirmação de COVID-19, publicou um estudo onde o tocilizumabe, um anticorpo monoclonal que age como imunossupressor, reduziu as mortes por Covid em 4% e a necessidade de ventilação invasiva, segundo o estudo.

Para cada 25 pacientes tratados com tocilizumabe, uma vida adicional seria salva.
Para médicos brasileiros, no entanto, a opção nacional é outro medicamento, mais barato e mais acessível, já que o seu preço é mais de R$ 2 mil. "A grande questão é a disponibilidade. A dexametasona é conhecida há décadas, e está disponível em todo lugar. O tocilizumabe não", disse um infectologista.

Outro medicamento que também está sendo testado para combater o vírus Sar-Cov2 é o Remdesivir, um antiviral desenvolvido pela companhia biofarmacêutica Gilead Sciences. Em associação com o baricitinibe, mostrou maior redução do tempo de recuperação e na aceleração da melhora do estado clínico entre os pacientes com covid-19.

Nenhum comentário:

Postar um comentário