sábado, 27 de março de 2021

Bolsonaro condenado a indenizar jornalista em R$ 20 mil

O presidente Jair Bolsonaro foi condenado pela Justiça de São Paulo a pagar uma indenização de 20 mil reais à jornalista Patrícia Campos Mello, da Folha, por fazer comentários jocosos de cunho sexual, durante entrevista concedida no dia 18 de fevereiro de 2020.
“Ele [jornalista] queria um furo. Ela queria dar o furo, dar o furo a qualquer preço", disse o presidente na ocasião.
A juíza Inah de Lemos e Silva Machado, da 19ª Vara Cível, decidiu no dia 16 de março que Bolsonaro "prejudicou a honra da reclamante, causando dano moral".

O Filho
No dia 21 de janeiro, a mesma jornalista já havia obtido uma vitória judicial contra o filho de Bolsonaro, Eduardo, que foi condenado a pagar 30.000 reais como indenização por danos morais após alegar que ela "tentou seduzir" uma fonte por informações prejudiciais contra seu pai.

Nenhum comentário:

Postar um comentário