Detran

domingo, 14 de março de 2021

Nova variante do SARS-CoV-2 é identificada no Brasil

Pesquisadores brasileiros identificaram uma nova variante do SARS-CoV-2 que abriga uma mutação na proteína Spike, região do vírus que se liga às células.
Segundo o trabalho que está disponível no no fórum de discussões Virological, o novo vírus está dentro da linhagem B.1.1.33 e foi detectado no Brasil entre novembro de 2020 e fevereiro de 2021.

Veja abaixo o resumo do trabalho.

"A epidemia de SARS-CoV-2 no Brasil foi dominada por duas linhagens designadas como B.1.1.28 e B.1.1.33. Duas variantes do SARS-CoV-2 abrigando mutações no domínio de ligação ao receptor da proteína Spike (S), designadas como linhagens P.1 e P.2, evoluíram dentro da linhagem B.1.1.28 e estão se espalhando rapidamente no Brasil. A linhagem P.1 é considerada uma variante de preocupação (VOC) devido à presença de múltiplas mutações na proteína S (incluindo K417T, E484K, N501Y), enquanto a linhagem P.2 só contém a mutação S: E484K e é considerada uma variante de Juros (VOI). Aqui relatamos a identificação de um novo VOI SARS-CoV-2 dentro da linhagem B.1.1.33 que também contém a mutação S: E484K e foi detectado no Brasil entre novembro de 2020 e fevereiro de 2021. Este VOI exibiu quatro definidores de linhagem não sinônimos mutações (NSP3: A1711V, NSP6: F36L, S: E484K e NS7b: E33A) e foi designado como linhagem N.9. O VOI N.9 provavelmente surgiu em agosto de 2020 e se espalhou por diferentes estados brasileiros das regiões Sudeste, Sul, Norte e Nordeste".

Nenhum comentário:

Postar um comentário