terça-feira, 23 de março de 2021

Semtas cria setor para solucionar pendências do Cadastro Único


A Secretaria Municipal do Trabalho e Assistência Social (Semtas) criou o setor de Pendências e Ocorrências do Cadastro Único, responsável por verificar todos os cadastros realizados no município de Natal, nas unidades específicas deste serviço e nos CRAS. O objetivo é identificar e tratar os registros existentes nesse campo, reduzindo o número de divergências cadastrais, que têm impacto na concessão dos benefícios para as famílias e na qualidade da base de dados do Cadastro Único.

“Devido à grande demanda de solicitações da população para ser inserida no cadastro único neste momento de pandemia, percebemos que muitos usuários acabam ficando com cadastros pendentes, cadastros em ocorrência e famílias na situação em que o sistema não gera o número do NIS (Número de Identificação Social). Criamos o setor com a necessidade de atender melhor às famílias para o recebimento dos benefícios e ter o sistema atualizado e de forma correta. Analisaremos toda a lista do cadastro do município de Natal sem precisar ter contato direto com a família durante esse período em que estamos vivendo”, informa o secretário Adjuto Dias, titular da Semtas.

A equipe responsável pelo setor é a mesma da unidade móvel do Cadúnico que, após a pandemia, trabalhará em um sistema de três dias externos e dois internos. O setor também subsidiará as capacitações continuadas dos entrevistadores do Cadastro Único para detectar os principais erros dentro do sistema, como duplicidade de RG, CPF ou alguns blocos que não foram preenchidos corretamente, através de reuniões mensais, em que serão dadas instruções, verificações dos erros e contato com as famílias inseridas nos programas.

“Neste primeiro momento, estamos priorizando a verificação dos cadastros que estão com o status ‘em cadastramento’, onde não ocorreu a geração do Número de Identificação Social, para que seja possível a resolução antes que o cadastro seja excluído pelo sistema, uma vez que essa ação ocorre em exatos 30 dias”, esclarece a chefe do Setor do Cadastro Único, Andreia Melo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário