Detran

terça-feira, 25 de maio de 2021

CFM altera resolução para garantir à gestante direito de opção no parto

Cesariana ...
O Conselho Federal de Medicina alterou resolução de 2016 para dizer que “é direito da gestante”, nas situações eletivas, optar pela realização de cesariana, desde que tenha recebido todas as informações sobre o parto vaginal e o cesariano, seus respectivos benefícios e riscos.

...direito da gestante
Para garantir a segurança do feto, a cesariana só poderá ser realizada a partir de 39 semanas completas de gestação (273 dias). Em caso de discordância entre a decisão médica e a vontade da gestante, o médico poderá alegar o seu direito de autonomia profissional e encaminhar a gestante a outro profissional.
Coluna Rosalie Arruda
Tribuna do Norte

Nenhum comentário:

Postar um comentário