terça-feira, 11 de maio de 2021

Senador Jean debate propostas com setor de eventos para retomada segura das atividades

O Senador Jean Paul Prates (PT-RN) se reuniu nesta segunda-feira (10) com representantes do setor de turismo de eventos para discutir propostas para retomada das atividades presenciais do segmento de forma segura e progressiva. O setor está parado desde o começo da pandemia e no Rio Grande do Norte, segundo estimativas da Natal Convention Bureau, entidade que representa o setor de turismo de eventos da capital, pelo menos R$ 317 milhões deixaram de circular no Estado no último ano.

O coordenador geral da Feira Internacional de Artesanato (Fiart) e fundador da Natal Conventions Bureau, Neiwaldo Guedes, afirmou a necessidade de ampliar o diálogo do setor de turismo de eventos com o Comitê Científico Estadual para alinhar estratégias que visem o retorno seguro das atividades de eventos corporativos e de negócios. Guedes alertou que o setor está praticamente parado desde o começo da pandemia, e ainda não houve um retorno do poder público no avanço de uma solução para a volta desse mercado.

De acordo com a Gerente Executiva da Natal Conventions Bureau, Kalliny Gomes, a entidade está elaborando uma proposta de cronograma de retomada dos eventos corporativos e técnico-científicos para ser entregue ao Governo do Rio Grande do Norte. Ela também lembra que em outros Estados a tendência é separar evento social de evento corporativo.

“Apresentamos, recentemente, um projeto de lei (PL 3285/2020) para destinação de três bilhões de reais aos estados para aplicação em ações emergenciais de apoio ao setor turístico, por causa da pandemia. Esse projeto ainda vai ao plenário do Senado e estamos empenhados em garantir a aprovação”, disse o Líder da Minoria, Senador Jean Paul Prates.

PERSE
O Senado Federal aprovou o Programa Emergencial de Retomada do Setor de Eventos (Perse) que trará um respiro para o segmento, fortemente impactado pela pandemia de coronavírus: a expectativa é que o Perse alcance até 20 milhões de famílias, de maneira direta ou indireta.

Uma emenda de autoria do Senador Jean e aceita pela relatora da proposta, Senadora Daniella Ribeiro, ampliou o número de empresas beneficiadas pelo Perse. Com isso, empresas que trabalham indiretamente na realização de eventos, como produção de som, luz, foto, vídeo, multimídia, operadores, dentre outros, serão contempladas pelo programa.

LEIA NO SITE: https://jeanpaulprates.com.br/senador-jean-debate-propostas-com-setor-de-eventos-para-retomada-segura-das-atividades/

Natal, segunda-feira (10)
Com informações da Assessoria de Comunicação (ACOM)

Nenhum comentário:

Postar um comentário