quarta-feira, 28 de julho de 2021

Potiguares buscam cidadania portuguesa a partir de descendência judaica


O Rio Grande do Norte é um dos estados brasileiros que possui um grande número de descendentes de judeus sefarditas, população que tem direito à cidadania portuguesa, amparada pela Lei de Nacionalidade atualmente vigente no país.

Tal dispositivo legal privilegia os descendentes de judeus expulsos de Portugal, sob a Inquisição, ou por ela perseguidos e executados, promovendo seu direito de retorno ao país de seus ancestrais. Aprovada em 2015, já beneficiou mais de 30 mil requerentes que conseguiram provar sua ascendência sefardita.

A naturalização, como português, a partir da “Lei dos Sefarditas”, como é vulgarmente conhecida, exige uma complexa documentação e demanda uma assessoria especializada. É justamente esse o serviço oferecido pela Ancestralis, que promove uma pesquisa na árvore genealógica do interessado, nas linhagens paterna e materna, para comprovar se há realmente a descendência de antigas famílias judaicas portuguesas.

Após a identificação, a equipe cuida da montagem do relatório de provas documentais, geração a geração, assim como da preparação de toda a documentação necessária, com assessoramento em todas as fases junto aos órgãos portugueses, até o pedido da cidadania ser deferido pelas autoridades do país.

Seridó reúne famílias de origem judaica

A chance de naturalização é ainda mais provável, se o potiguar fizer parte das famílias Dantas, Azevedo, Araújo, Medeiros, Lucena, Cirne, Gurgel, Santos, dentre outras. Curiosamente, o Seridó é também um grande “celeiro” de antigas comunidades sefarditas, sendo os patriarcas de Caicó, Jardim do Seridó, Carnaúba dos Dantas e Timbaúba dos Batistas, por exemplo, delas diretamente descendentes. Já são quase 250 clientes acompanhados, em aproximadamente dois anos de operação da Ancestralis, com muitos casos de sucesso.



A equipe é dirigida por Alexandre Santos, genealogista, ex-Controlador Geral do Estado, engenheiro civil pela UFRN, com MBA em gestão financeira, controladoria e auditoria e mestrando em análise financeira pela Universidade de Coimbra. "Oferecemos assessoria completa para o pedido de cidadania, desde o estudo genealógico até o recebimento do sonhado passaporte português", diz Alexandre Santos.

Serviço
É possível obter mais informações sobre o serviço de assessoria da Ancestralis pelo Whatsapp 84.99131.7667, pelo e-mail contato.ancestralis@gmail.com e ainda no Instagram @ancestralisgenealogia

com informações da SKA Comunicação 

Nenhum comentário:

Postar um comentário