terça-feira, 5 de outubro de 2021

Morre, aos 70 anos, Lizzie Bravo, única brasileira a gravar com os Beatles

Morreu, aos 70 anos nesta segunda-feira (4/10), no Rio de Janeiro, a cantora e fotógrafa Lizzie Bravo. Ela ficou bastante conhecida por ter sido a única brasileira a participar de uma gravação com os Beatles. Bravo morreu por problemas cardíacos nas semanas seguintes ao seu aniversário completados em 29 de maio.

A história de Lizzie com os Beatles começou em 1967, quando ela ganhou, de presente de 15 anos, uma viagem para Londres, para onde foi uma amiga. No mesmo dia de sua chegada, ela se encontrou com os Beatles, e passou a frequentar o lado de fora dos estúdios da EMI, em Abbey Road, todos os dias, vendo-os com muita frequência. Pouco menos de um ano depois, em um determinado dia, ela estava na porta do estúdio, como de costume, quando Paul McCartney saiu, numa noite de fevereiro de 1968, saiu e perguntou se alguma daquelas meninas que lá estavam conseguia sustentar uma nota aguda.
Lizzie disse que conseguia e ainda levou uma amiga inglesa junto. Elas passaram duas horas nos estúdios com os quatro Beatles, produzidas por George Martin, e cantaram vocais para a música 'Across the Universe', dividindo o microfone com John e Paul, alternadamente.

Bravo ainda participou ativamente de uma grande parte da história da música brasileira. Ela foi casada com Zé Rodrix, e foi a inspiração, como 'a esperança de óculos', do compositor, parceiro de Sá e Guarabyra, para escrever a música 'Casa no Campo'.
Com informações do Correio Braziliense. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário