Home

A Sociedade Brasileira de Dermatologia, em Pernambuco, concluiu que as asas da mariposa do gênero Hylesia, seriam a causa do aparecimento de coceiras e lesões de pele em quase 500 pessoas em 17 municípios de Pernambuco.

Agora, a Secretaria de Saúde do Recife (Sesau) anunciou uma série de medidas de proteção que devem ser tomadas pela população contra o inseto.

As medidas incluem a diminuição da iluminação externa das casas; evitar deixar roupas, toalhas e lençóis em varais, principalmente durante os horários de fim de tarde; deixar portas e janelas fechadas ou utilizar telas para insetos, especialmente no entardecer, e passar panos molhados nos móveis da casa.

Poste um comentário

comente aqui..

Anúncio Publicitário

Banner