Home

A Rússia embarcou no turismo espacial este mês mandando dois aventureiros cósmicos - o bilionário japonês Yusaku Maezawa e seu assistente - para a Estação Espacial Internacional (ISS) em seu primeiro lançamento de turistas em 12 anos.

No entanto, a Roscosmos, órgão governamental responsável pelo programa de ciência espacial e pesquisa geral aeroespacial da Rússia, não anda bem financeiramente a ponto de bancar todo esse investimento sozinha. A Roscosmos não tem escolha a não ser recorrer ao turismo para cobrir o déficit.

O preço de um assento - estimado em US $ 50-60 milhões - cobre o custo de construção da espaçonave Soyuz de três pessoas para transportar a tripulação, disse ele, enquanto um segundo viajante obtém lucro, dizem especialistas.

Estimulado pelo sucesso dessa primeira viagem, o líder espacial Dmitry Rogozin falou sobre os próximos passos da Rússia para a supremacia: um módulo especial na ISS para os visitantes da Rússia, caminhadas espaciais fora da estação e - mais adiante - viagens ao redor da lua. "Não vamos dar esse nicho aos americanos. Estamos prontos para lutar por isso", disse ele a repórteres em uma coletiva de imprensa.

Poste um comentário

comente aqui..

Anúncio Publicitário

Banner

Anúncio Publicitário

header ads