Home

Depois de um telefonema que teve com o presidente russo Vladimir Putin, o francês Emmanuel Macron disse acreditar que "o pior ainda está por vir" na guerra da Rússia com a Ucrânia.

Segundo o Palácio do Eliseu, residência da presidência francesa, a iniciativa para a troca telefônica entre os dois líderes (a terceira desde o início da invasão em 24 de fevereiro) foi de Putin, que quis "informar" Macron "da situação e intenções, no âmbito de um diálogo sincero" entre os dois dirigentes.

Poste um comentário

comente aqui..

Anúncio Publicitário

Banner