Home

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) ingressou com uma Ação CIvil Pùblica pedindo que a Justiça Estadual conceda tutela provisória de urgência e suspenda as apresentações dos cantores Wesley Safadão e Xand Avião, determinando o bloqueio judicial dos valores que seriam pagos aos artistas nas contas da Prefeitura. Os shows fazem parte da programação do Mossoró Cidade Junina 2022, evento que acontece em junho.

Segundo o MPRN, apenas essas duas atrações somam uma despesa de cerca de R$ 1 milhão.

A finalidade do bloqueio é alocar tais recursos para a realização de concurso público para professores do ensino regular, professores auxiliares e profissionais de apoio da educação especial, uma vez que há carência desses profissionais na Secretaria Municipal de Educação de Mossoró.

Leia a ACP na íntegra, no endereço:

Poste um comentário

comente aqui..

Anúncio Publicitário

Banner

Anúncio Publicitário

header ads