Home

foto:Alex Regis
O Prefeito de Natal, Álvaro Dias inaugurou, nesta sexta-feira (15), as novas instalações da maternidade Dr Araken Irerê Pinto, ampliando a capacidade da unidade, que passa a funcionar com 63 leitos, na antiga sede do Hospital Municipal, em Petrópolis. Cerca de 600 profissionais de saúde estarão à disposição da população a partir da próxima segunda-feira (18).

“Esse é um avanço muito grande para Natal. Saímos de instalações que não eram mais adequadas para um local com toda a infraestrutura para atender as mulheres da nossa cidade”, explicou Álvaro Dias.

O prefeito relembrou que, apesar de todos os desafios econômicos, da pandemia e das últimas chuvas que caíram na cidade, a gestão não parou. “Nós seguimos em frente com muito otimismo. Vamos investir cada vez mais e teremos também, em breve, o melhor hospital do Nordeste”, comentou, referindo-se ao projeto do Hospital Municipal que será erguido em um terreno no prolongamento da avenida Prudente de Morais.

A mudança no funcionamento da maternidade vai proporcionar mais qualidade no atendimento às parturientes natalenses, uma vez que, além da ampliação das vagas, melhora o fluxo da assistência na internação e no procedimento de parto. Além disso, os serviços de promoção à saúde das gestantes poderão ser ampliados.

“Agradeço ao prefeito pelo olhar de respeito com o povo, principalmente com a mulher. E isso envolve até mais que a população de Natal, uma vez que atendemos muito mais que as pessoas da capital. Com o Araken estamos reestruturando toda a rede e ampliando o número de leitos na cidade”, festejou o secretário de saúde, George Antunes.


Reforma

A unidade de saúde passou por reformas estruturais e elétricas passando de 38 para 63 leitos, sendo 50 de internação, nove vagas em UTI, três salas de cirurgia e um pronto atendimento voltado à gestante em trabalho de parto, projetado para a atenção humanizada.

A Maternidade dispõe de oito leitos de pronto atendimento obstétrico, dois consultórios, uma sala de pré-parto e parto, um leito de estabilização e salas para ultrassonografia e cardiotocografia no andar térreo, 25 leitos de enfermaria pós-parto para tratamento clínico da gestante e quatro leitos de clínica cirúrgica no primeiro andar, além de 16 leitos de enfermaria pré e pós-parto, cinco suítes pré-parto (humanizado), cinco salas pré e pós-parto, quatro leitos de recuperação pós anestésica e três salas de cirurgia no segundo andar.

“Para nós obstetras, essa obra é importante para as famílias de Natal e para toda a sociedade. Apesar do mundo desabando, há a seriedade do prefeito Álvaro Dias”, ressaltou o Dr. Robson Dias de Medeiros, presidente da Sociedade de Obstetrícia do RN.

Poste um comentário

comente aqui..

Anúncio Publicitário

Banner