Home

fonte:BB
A deputada federal Natália Bonavides (PT/RN) protocolou uma ação popular na Vara da Fazenda Pública contra a Suspensão da linha de crédito do Banco do Brasil responsável pelo financiamento de cadeiras de rodas e outras tecnologias para pessoas com deficiência. O Crédito BB Acessibilidade está suspenso desde o dia 1º de agosto.

“O Banco do Brasil sob o governo Bolsonaro suspendeu o financiamento de cadeiras de rodas e equipamentos para pessoas com deficiência. Um prejuízo físico e emocional para PCDs. Mais um direito retirado. Nós denunciamos e exigimos o seu retorno urgente”, pontuou Bonavides.

Com o crédito, os juros eram subsidiados pelo governo federal, havendo ainda isenções para financiamento de produtos assistivos, a exemplo de cadeiras de rodas. A linha servia também para financiar adaptações em imóveis residenciais e aparelhos auditivos.

Segundo o IBGE, o Brasil tem mais de 17 milhões de pessoas com deficiência física e grande parte necessita de subsídios para comprar equipamentos.

Poste um comentário

comente aqui..

Anúncio Publicitário

Banner