Home


Com o objetivo de enfrentar a violência doméstica e familiar contra as mulheres, a Prefeitura de Natal lançou, nesta terça-feira (16), o “Agosto Lilás”. O evento foi realizado no Palácio Felipe Camarão. O Agosto Lilás é um mês que visa à conscientização pelo fim da violência contra as mulheres e uma das principais armas de defesa da mulher, a Lei Maria da Penha, completou 16 anos, no último dia 7.

O prefeito Álvaro Dias agradeceu a presença das mulheres no evento, enfatizou que elas têm conseguido avançar nos direitos, mas que a luta para avançar precisa ser apoiada. “A Prefeitura de Natal é um exemplo desse avanço na minha gestão. Demos todo apoio na luta das mulheres pelos seus direitos. Garantimos avanços importantes principalmente na luta contra a violência, que é o objetivo do Agosto Lilás”, disse.

Álvaro Dias citou uma longa lista de ações na área, que comprovam o envolvimento direto da gestão na defesa da mulher. “Fizemos a casa abrigo Clara Camarão, o Centro de Referência da Mulher Elizabeth Nasser, a Semtas está oferecendo cursos profissionalizantes para as mulheres em situação de violência e criamos a Patrulha Maria da Penha que, em um ano de atuação conseguiu zerar o índice de feminicídio em Natal. Temos uma gestão feita para as mulheres e também por mulheres, afinal no secretariado contamos com oito secretárias de pastas importantes”, comemorou.

A primeira dama do município, Amanda Gracie Dias ressaltou as qualidades das mulheres em realizar atividades diversas com competência e pediu união na luta por mais direitos. “Todas vocês podem contar com o apoio da Prefeitura. Vamos nos engajar nas lutas porque somente juntas, em um trabalho de equipe, poderemos alcançar nossos objetivos. Ninguém sozinho consegue nada”, explicou.

“A violência contra a mulher é um fenômeno cultural enraizado na nossa sociedade. Mas, enquanto gestora tenho o dever de ocupar espaços como esse para dialogar sobre os avanços e desafios e dar visibilidade a essa causa que é coletiva e não individual, por isso a Semul trabalha em parceria com outros órgãos da gestão”, explicou a secretária da Semul - Secretaria Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres, Maria José de Medeiros.

A gestora da pasta lembrou da determinação do prefeito Álvaro Dias em proporcionar cada vez mais serviços que ajudem as mulheres em situação de violência. Maria José Medeiros anunciou o início do funcionamento do serviço online “Acolhe Mulher” através do Aplicativo Natal Digital e o lançamento do Protocolo Municipal de Atendimento às Mulheres, que está sendo elaborado em parceria com a Funcern.

A presidente do Conselho Municipal do Direito da Mulher, Elisângela Duarte definiu a realidade de algumas mulheres, apontou as dificuldades psicológicas encaradas pelas vítimas e enfatizou que a responsabilidade para evitar esse tipo de situação é de todos. “O sequestro emocional que o agressor faz com a mulher torna o rompimento difícil, por isso é uma luta coletiva que tem que ser encarada por toda a sociedade”, explicou.

O evento apresentou um vídeo promocional educativo, que está sendo veiculado com a campanha do Agosto Lilás, contou com uma esquete encenada pela equipe de teatro da STTU - Secretaria de Mobilidade Urbana sobre importunação sexual no transporte público e com uma apresentação musical.

Rede de atendimento

A violência contra o sexo feminino manifesta-se de várias formas, destacando-se a física, psicológica, sexual, patrimonial e moral. A Semul conta com o apoio da Polícia Civil, Polícia Militar e Conselho Municipal dos Direitos das Mulheres.

A Semul é o organismo municipal de políticas públicas para mulheres, responsável pela oferta de serviços sócio assistenciais especializados para o atendimento das mulheres de Natal. Através de ações de prevenção e proteção à mulher, divulgação dos serviços especializados de atendimento, oferta de cursos de qualificação profissional e encaminhamentos à rede, a violência de gênero é enfrentada cotidianamente através do Centro de Referência da Mulher Elizabeth Nasser (CREN) e Casa Abrigo Clara Camarão (CACC).

Poste um comentário

comente aqui..

Anúncio Publicitário

Banner