Home

O brasileiro Fernando André Sabag Montiel, 35 anos, que tentou matar a ex-presidente da Argentina, Cristina Kirchner, é filho de pai chileno e mãe argentina.

Fernando apontou uma arma contra Kirchner quando ela chegava em seu apartamento, no bairro da Recoleta, em Buenos Aires, por volta das 21h desta quinta-feira (1º). A arma estava carregada, mas o disparo falhou.

O brasileiro foi detido pela Polícia Federal.

Em imagens que circularam nas redes sociais Fernando aparece de camisa preta, cabelo com topete, pulseira, vários anéis no dedos e um detalhe que chama atenção: uma tatuagem de um Sol Negro, símbolo nazista. Em 2021, Fernando foi interceptado com uma faca de 35 centímetros em uma avenida de Buenos Aires, quando estava dirigindo um veículo sem a placa traseira.

Poste um comentário

comente aqui..

Anúncio Publicitário

Banner