Home


A pesquisa Item/Gustavo Negreiros aponta crescimento do candidato do PSB, Rafael Motta, e um cenário indefinido na disputa pelo Senado. Na questão espontânea, Rafael tem 14,5% e está tecnicamente empatado com Carlos Eduardo citado por 17% dos entrevistados. Rogério Marinho tem 19,5%.

A pesquisa foi realizada entre os dias 18 e 20 de setembro, ouvindo 1.600 entrevistados, em 12 microrregiões do Estado, com margem de erro de 2,45% e registrada sob o nº RN-06313/2022, no TRE/RN, e BR 08469/2022 no TSE.

Ainda na estimulada, os candidatos Dário Barbosa, Geraldo Pinho, Freitas Júnior, Pastor Silvestre, Veterinária Shirlei Medeiros e outros nomes citados foram citados, cada, por 1%. Indecisos, brancos e nulos somam 43%.

Na pergunta estimulada, na qual os nomes dos candidatos ao Senado são apresentados aos entrevistados, a pesquisa aponta Rogério com 26%, seguido de perto por Carlos Eduardo e Rafael praticamente empatados tecnicamente, com 23% e 20%, respectivamente.


Os demais candidatos apresentaram os seguintes percentuais: Pastor Silvestre 3%, Freitas Júnior 2%, Veterinária Shirlei Medeiros 2%, Geraldo Pinho 1,5%, Dário Barbosa 1%, e indecisos, brancos e nulos 21,5%.


Rejeição
Na rejeição, a sondagem mostrou, mais uma vez, que Rafael tem o menor índice de rejeição entre os principais candidatos na corrida para o Senado. Fator que demonstra o potencial de crescimento do candidato do PSB nessa reta final da campanha. Rafael tem 9,5%, menos da metade da rejeição de Carlos Eduardo e Rogério Marinho, citados por 20% dos entrevistados.

Na sequência, aparecem Marcos do MBL 5%, Dário Barbosa 4%, Marcelo Guerreiro 3%, Freitas Júnior 2%, Pastor Silvestre 2%, Veterinária Shirlei Medeiros 2%, Geraldo Pinho 2% e indecisos, brancos e nulos 30,5%.

Os candidatos Marcos do MBL e Marcelo Guerreiro não foram citados na amostra, mas podem oscilar dentro da margem de erro.

fonte:ASSESSORIA DE iMPRENSA

Poste um comentário

comente aqui..

Anúncio Publicitário

Banner