Home

Os servidores da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares - Ebserh, em greve desde a quarta-feira (21), resolveram tomar uma medida mais radical e estão impedindo o acesso de veículos ao estacionamento do Hospital Onofre Lopes - HUOL na manhã desta terça-feira (27).

Nas falas, os servidores alegam desvalorização da categoria pela Direção da Ebserh e prática de assédio com perseguições no HUOL. Um grevista disse que há servidor pedindo permuta para a Maternidade Januário Cicco, também administrada pela Ebserh, para se livrar do assédio.

O trânsito está bastante complicado na região, inclusive para o transporte público de passageiros que usa aquela via.

Poste um comentário

comente aqui..

Anúncio Publicitário

Banner