Home

Missão técnica internacional foi realizada entre os dias 1º e 9 de setembro: Na imagem, um das apresentações realizadas pelo diretor do SENAI-RN, na Alemanha

A Missão internacional do SENAI do Rio Grande do Norte foi oficialmente encerrada nesta sexta-feira (09), na Europa, e – dentro da bagagem de volta ao Brasil – a instituição trará, segundo o diretor, Rodrigo Mello, “perspectivas de ampliação de parcerias com o objetivo de preparar o país para a nova fronteira do setor eólico, no offshore (no mar), para o desenvolvimento de ações na economia do mar e também com vistas à mobilidade urbana – área em que a eletromobilidade está inserida”.

A viagem teve como destino a Europa e início no dia 1º deste mês. No roteiro, incluiu passagens por gigantes globais nos segmentos de qualificação profissional, segurança no trabalho, logística e indústria, além de seminários e infraestrutura de transportes.

Os pontos de parada foram a Dinamarca e a Alemanha, com um balanço, na avaliação de Mello, “extremamente positivo”. Os países visitados, observa ele, estão entre os líderes globais em produção, consumo e qualificação profissional em energia eólica offshore – a energia gerada com parques eólicos no mar – e eletromobilidade.

Offshore
No que diz respeito ao offshore, a anfitriã do SENAI-RN na missão técnica foi a Maersk Training – gigante dinamarquesa do setor de logística e maior empresa de treinamentos profissionais para a indústria de energia eólica do mundo – parceira do SENAI-RN em projetos que estão em curso e em desenvolvimento no Rio Grande do Norte.

Rodrigo Mello e a assessora de Mercado e Projetos do SENAI, Amora Vieira, visitaram o Centro de Treinamento Maersk, na cidade de Esbjerg, onde foram recebidos pelo Managing Director da empresa, Thomas Hagelund Helsgaun, e pelo Key Account Manager, David Filipe Hansen Monteiro Paes. A programação incluiu visita ao porto da cidade, onde também são realizados treinamentos.

Na capital, Copenhagen, a equipe conheceu a sede da Maersk e se reuniu com o CEO da companhia, David Skov, a quem Mello apresentou as principais linhas de atuação do SENAI voltadas à energia e o enorme potencial de geração eólica no Brasil e no estado que lidera a atividade em terra – também apontado como um dos mais promissores para investimentos no offshore: o Rio Grande do Norte. “A Maersk é um gigante internacional com quem temos uma parceria forte, boa e produtiva, com destaque para ações na área de segurança no trabalho e formação de pessoas para a cadeia de energia eólica”, disse Mello.

fonte:Assessoria Senai 

Poste um comentário

comente aqui..

Anúncio Publicitário

Banner