Home

Três nomes do jornalismo de direita foram demitidos pela Jovem Pan que está em processo de mudança editorial

Em seu site oficial, a empresa de rádio, TV e internet publicou um texto reconhecendo a vitória de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e pedindo que Jair Bolsonaro (PL) faça o mesmo. 

Ao mesmo tempo, demitiu dois de seus funcionários mais radicais, Augusto Nunes Guilherme Fiúza e Caio Coppola.

Publicado na noite de domingo, 30, o texto editorial não cita nominalmente Lula e Bolsonaro, mas reforça uma defesa da democracia e indica que a emissora "não irá se omitir" caso ocorra algum golpe.

Poste um comentário

comente aqui..

Anúncio Publicitário

Banner