Home

O ministro Alexandre de Moraes, do TSE, negou o pedido para anular os votos da eleição presidencial e ainda condenou o Partido Liberal a pagar uma multa de R$ 22 milhões por litigância de má fé por relatório contra as urnas.

Ainda determinou ao Ministério Público que apure o uso do fundo partidário para cometer irregularidades e incluiu Valdemar Costa Neto, presidente da legenda, no inquérito dos atos antidemocráticos.

Veja abaixo parte da sentença do ministro.

Poste um comentário

comente aqui..

Anúncio Publicitário

Banner