Home

Ex-diretor da Petrobras vai à Justiça para impedir distribuição de dividendos A estatal comunicou na sexta (4/11) que Guilherme Estrella, ex-diretor de E&P da companhia nos governos do PT, solicitou o bloqueio de R$ 32,1 bilhões em dividendos que seriam pagos antecipadamente ao governo federal.
-- Estrella pediu estudos para comprovar que a distribuição não compromete a competitividade da empresa.

MP de Contas. Também na sexta, o MP junto ao Tribunal de Contas da União (TCU) pediu a suspensão do pagamento antecipado de dividendos, de cerca de R$ 43,7 bilhões, aprovado pelo Conselho de Administração da Petrobras na semana passada. Reuters

A antecipação de dividendos causou indignação na equipe do presidente eleito Lula, que tenta impedir o pagamento. A presidente do PT, Gleisi Hoffmann, criticou, no Twitter, a “política que retira da empresa sua capacidade de investimento e só enriquece acionistas”.

-- Já na quinta (3/11), dia do anúncio do pagamento, a Federação Única dos Petroleiros (FUP) e a Associação Nacional dos Petroleiros Acionistas Minoritários da Petrobras (Anapetro) anunciaram que iriam à Justiça para barrar o pagamento.

fonte:EPBR

Poste um comentário

comente aqui..

Anúncio Publicitário

Banner