Home

A Cooperativa dos Anestesiologistas do Rio Grande do Norte (Coopanest) está com um indicativo de paralisação marcado para o próximo dia 15 de dezembro provocado pelo atraso nos pagamentos do governo do estado e da prefeitura de Natal.  A divida total  chega a R$ 4 milhões de reais.

Em recente reunião com o subsecretário de Planejamento e Gestão, da Secretaria de Saúde do RN, Elan Miranda, e com o Secretário de Saúde de Natal, George Antunes não houve  proposta por parte das secretarias em relação à regularização dos honorários. O último pagamento possível realizado aos médicos foi referente a junho de 2022.

Com a suspensão, as cirurgias eletivas contratadas pelo Sistema Único de Saúde no Rio Grande do Norte  deixarão de ser realizadas. Por mês, são feitos, em média, 5.200 procedimentos .

“Reintero que estamos abertos ao diálogo na busca de uma solução conjunta para resolver o problema e evitarmos a descontinuidade da assistência prestada a população do RN”,  disse o presidente da Coopanest, Vinicius Luz.

Poste um comentário

comente aqui..

Anúncio Publicitário

Banner