Home


O Banco de Alimentos do município de Natal, criado pela Prefeitura e coordenado pela Secretaria Municipal do Trabalho e Assistência Social (Semtas), está com uma campanha de arrecadação de donativos para estimular as doações de alimentos durante as festividades do “Natal em Natal”. A ideia é ampliar a ação para o próximo ano nos eventos da prefeitura e nos órgãos públicos.

Além das empresas, a população em geral também pode participar da campanha, doando alimentos não perecíveis, como açúcar, arroz, feijão, biscoitos, macarrão, leite em pó, farinha de trigo, óleo, entre outros. O cidadão pode contribuir depositando os alimentos nas caixas coletoras que estarão disponíveis na Árvore de Mirassol das 16 às 22h, na avenida Engenheiro Roberto Freire; na sede da Semtas (Av. Nevaldo Rocha, 2180 - Dix-Sept Rosado), das 8 às 14h; e na Capitania das Artes (Av. Câmara Cascudo, 434 - Cidade Alta), também das 8 às 14h. As caixas coletoras ficam até o dia 6 de janeiro, quando se encerram as festividades do “Natal em Natal”.

Segundo o prefeito Álvaro Dias, o principal objetivo da campanha é ampliar o atendimento às 21 instituições vinculadas ao banco de alimentos e que beneficiam pessoas em situação de vulnerabilidade nas quatro regiões da capital. “É uma ação que tem como finalidade minimizar a situação de insegurança alimentar no município”, completa o prefeito.

Para a secretária da Semtas, Ana Valda Galvão, iniciativas como essa são importantes para arrecadar uma grande quantidade de alimentos que serão destinados às associações vinculadas ao banco. “Neste período do ano, a demanda por doações aumenta, então estamos ampliando o alcance da campanha. Agradecemos desde já toda a ajuda que a sociedade puder nos dar. Quem come bem adoece menos e fica mais ativo e disposto para trabalhar e aproveitar a vida. Os natalenses são um povo solidário e acredito que alcançaremos uma quantidade expressiva de doações”, projeta ela.

Banco de Alimentos

O Programa Banco de Alimentos tem forte apelo à co-responsabilidade da sociedade civil e está sob a administração do Departamento de Segurança Alimentar da Semtas, que desenvolve um trabalho de arrecadação, seleção e doação de alimentos, além da qualificação das instituições cadastradas pelo referido programa.

Atualmente, o Programa atende a 21 instituições, contemplando 4.980 pessoas. Entre as instituições estão: Lar da Vovozinha, Lar Fabiano de Cristo, APAE Natal - Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais, Centro Sócio Pastoral Nossa Senhora da Conceição, Instituto Juvino Barreto, Casa do Menor Trabalhador, Sociedade Heitor Carrilho, Aldeias Infantis SOS Brasil, Associação Riograndense Pró-Idoso - ARPI, Patronato da Medalha Milagrosa, Instituto de Educação e Reabilitação de Cegos e Centro Educacional Dom Bosco, Casa de Idosos Jesus Misericordioso, HATMO, LAE, Casa da Criança, ADOTE, SUVAG, NDS, CEIC e ADZN.

A equipe do Programa Banco de Alimentos realiza a triagem, pesagem e direciona esses alimentos prestando também apoio técnico para as instituições cadastradas de forma gratuita.

Poste um comentário

comente aqui..

Anúncio Publicitário

Banner