Home

A Confederação Nacional de Saúde, Hospitais e Estabelecimentos e Serviços (CNSaúde) se manifestou, na tarde desta terça-feira (27), contra o pedido de revogação da suspensão do piso salarial da enfermagem, enviado pelo Senado Federal.
No manifesto enviado ao Supremo Tribunal Federal (STF), a entidade pede para que o ministro Luís Barroso, autor da liminar que suspendeu a lei do piso da enfermagem, mantenha a medida cautelar de suspensão.

A CNSaúde foi a autora da ação que culminou na decisão do STF de suspender a lei do piso salarial da enfermagem, em setembro deste ano.

De acordo com a CNSaúde, as Emendas Constitucionais (EC) promulgadas pelo Senado Federal, no dia 22 de dezembro, apenas conferem solução parcial aos problemas relativos ao pagamento do piso da enfermagem.
Para a entidade, o texto da EC 127 não é capaz de resolver o problema da enfermagem.

Na semana passada, a Abrasf (Associação Brasileira das Secretarias de Finanças das Capitais) também enviou ao ministro do STF Luís Roberto Barroso um pedido pela manutenção da liminar que suspendeu o piso da enfermagem em setembro.

Poste um comentário

comente aqui..

Anúncio Publicitário

Banner