Home

O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) anunciou, nesta quinta-feira (22), uma lista de novos ministros, como havia prometido.

Veja a lista abaixo:
Relações Institucionais – Alexandre Padilha (médico, deputado federal, já foi ministro da Saúde e ministro dessa mesma pasta no meu governo.);

Secretaria Geral da Presidência da República – Márcio Macedo (biólogo, deputado federal, coordenador das Caravanas em 2017 e 2018 e vice-presidente do PT);

Advocacia-Geral da União – Jorge Messias (procurador da Fazenda Nacional);

Saúde – Nísia Trindade (socióloga, professora, servidora da Fiocruz desde 1987 e presidente da Fiocruz desde 2017);

Educação - Camilo Santana (senador e foi duas vezes governador do Ceará, com votações consagradoras);

Gestão – Esther Dweck (economista, professora da UFRJ, trabalhou no ministério do Planejamento);

Portos e Aeroportos – Márcio França (Político e advogado, foi vereador, duas vezes eleito prefeito de São Vicente, deputado federal vice-governador e governador de São Paulo);

Tecnologia – Luciana Santos (deputada Federal entre 2010 e 2018, atualmente governadora de Pernambuco e presidente do PCdoB);

Mulher – Aparecida Gonçalves (consultora de políticas públicas contra a violência de gênero, tendo ocupado a secretaria nacional de enfrentamento à violência contra as mulheres nos governos Lula e Dilma e participou da equipe de transição);

Desenvolvimento Social – Wellington Dias (foi vereador, deputado estadual, federal, foi eleito 2 vezes senador e 4 vezes governador do Piauí);

Cultura – Margareth Menezes (cantora, compositora, atriz e produtora com décadas de experiência. Com mais de 30 anos de carreira);

Trabalho – Luiz Marinho (ex-presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, foi prefeito de São Bernardo do Campo e ministro da Previdência e do trabalho no meu governo);

Igualdade Racial – Anielle Franco (jornalista, professora e ativista, diretora do Instituto Marielle Franco);

Direitos Humanos – Sílvio Almeida (advogado e escritor, Bacharel em Direito pelo Mackenzie e Doutor pela Universidade de São Paulo, além de professor visitante na Universidade de Duke);

Indústria e Comércio - Geraldo Alckmin (vice-presidente eleito, governador de São Paulo quatro vezes, deputado federal e prefeito. Foi o coordenador da equipe de transição);

Controladoria-Geral da União - Vinícius Carvalho (advogado e ex-presidente do Conselho Administrativo de Defesa Econômica Desenvolvimento).

Os confirmados anteriormente: 

Fernando Haddad (Fazenda), Rui Costa (Casa Civil), Flávio Dino (Justiça e Segurança Pública), Mauro Vieira (Relações Exteriores) e José Múcio Monteiro (Defesa).

O futuro governo terá um total de 37 ministérios. 

Poste um comentário

comente aqui..

Anúncio Publicitário

Banner