Home

Um pacote-bomba feriu um funcionário da embaixada russa na República Centro-Africana, segundo agências de notícias russas.

O chefe do grupo mercenário Wagner da Rússia, Yevgeny Prigozhin, instou nesta sexta-feira Moscou a declarar a França um "patrocinador do terrorismo", depois do ocorrido.

Poste um comentário

comente aqui..

Anúncio Publicitário

Banner