Home

A escritora carioca Nélida Piñon morreu nesse sábado (17) em Lisboa, aos 85 anos. Integrante da Academia Brasileira de Letras (ABL) desde 1989, cadeira 30, ela foi a primeira mulher a presidir a entidade. Ocupou o posto entre 1996 e 1997.

Em nota, a ABL anunciou que sepultamento será no mausoléu e a ABL fará uma Sessão da Saudade no dia 02 de março, no Salão Nobre, em homenagem à autora.

A causa da morte não foi informada.

Poste um comentário

comente aqui..

Anúncio Publicitário

Banner