Home

Natal, 18 de janeiro de 2023

A Secretaria Municipal de Saúde de Natal, por meio da Unidade de Vigilância de Zoonoses (UVZ) apresenta dados atuais sobre as arboviroses em Natal e os números mostram uma queda no registro de notificações. 

Na última semana epidemiológica do ano passado foram registradas 43 notificações e na primeira semana deste ano o número caiu para 16 casos. Esta queda já vinha sendo observada desde meados de junho do ano passado, quando os casos atingiram mais de mil notificações e em seguida iniciaram diminuição gradativa.

De acordo com dados do Departamento de Vigilância em Saúde, no ano de 2022, mais de 20.500 casos de arboviroses foram notificados em Natal, sendo 18.200 casos prováveis e 4.785 confirmados até o último boletim. 

O ano passado foi marcado por fortes chuvas provenientes de uma anomalia climática que atingiu toda a costa do Nordeste do Brasil, o que potencializou a então epidemia de Dengue no município.

A 23ª semana epidemiológica de 2022 que compreende os dias 5 a 11 de junho, foi a que apresentou maior número de casos notificados, chegando a 1.231. A partir desta semana, os casos notificados caíram de forma gradativa até chegar à última semana do ano com 43 notificações. Na primeira semana de 2023, foram notificados apenas 16 casos de arboviroses, o que corrobora a tendência de queda até então.

A epidemia de 2022 foi predominantemente de Dengue 2, com 75% das análises; e 25% de Dengue 1, das amostras analisadas, acompanhado de uma epidemia de Chikungunya. Os diagramas de controle não mostraram epidemia de Zika.

Em Natal

A SMS Natal solicita à população para aderir às ações de prevenção mantendo os quintais livres de possíveis criadouros do mosquito; esfregando com bucha as vasilhas ou reservatórios de água de seus animais; mantendo as caixas d´água sempre tampadas; não coloque lixo em terrenos baldios; além disso, que se observe vasos e pratos de plantas que acumulam água parada; observe locais que possam acumular água parada como: bandeja de bebedouros, de geladeiras, ralos, pias e vasos sanitários sem uso; Mantenha em local coberto objetos que possam acumular água; levar pneus inservíveis para uma borracharia mais próxima de sua residência, onde será dado destino correto para reciclagem.

Os profissionais da UVZ orientam para receber a visita do agente de endemias, aproveitando a oportunidade para tirar possíveis dúvidas.

Poste um comentário

comente aqui..

Anúncio Publicitário

Banner