Home

O Rio Grande do Norte já é um destino consagrado por suas belezas naturais, particularmente pelo segmento de sol e praia. Diversificar a oferta turística no estado para atrair um número maior de visitantes foi o destaque de uma reunião realizada, nesta quarta-feira (25.01), entre a ministra do Turismo, Daniela Carneiro, e a governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra.

Entre as possibilidades tratadas está o apoio a projetos de infraestrutura turística no estado que fortaleçam, por exemplo, o turismo de negócios e o de natureza. Este último uma tendência mundial no cenário pós-pandemia de Covid-19.


“O Rio Grande do Norte possui um potencial turístico gigantesco. E vamos fazer o que estiver ao nosso alcance para contribuir com o crescimento do turismo no estado e, assim, gerar mais emprego e renda para a população potiguar por meio da atividade turística. Nosso lema é união e reconstrução para um turismo mais forte”, afirmou a ministra do Turismo, Daniela Carneiro.


Durante o encontro, a governadora Fátima Bezerra apresentou ainda uma série de projetos estruturantes para o estado e celebrou a retomada da relação federativa em prol do turismo. “Essa é uma área que a gente está iniciando um diálogo permanente para uma agenda de desenvolvimento. O turismo é uma das atividades econômicas com maior potencial de geração de emprego pela própria capilaridade que tem”, apontou.


Participaram ainda da reunião o vice-governador do estado do Rio Grande do Norte, Walter Alves; a secretária de Turismo do estado, Ana Maria da Costa; o prefeito de Currais Novos (RN), Odon Júnior, e outros integrantes do governo estadual.


SERIDÓ -- 
O geoparque Seridó, que abarca seis municípios potiguares, é um dos três territórios brasileiros a conquistarem participação na Rede Global de Geoparques da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO). Em todo o seu território, o turista pode acompanhar diversas atividades que contemplam a cultura local, a história, a gastronomia e a natureza, além de materiais geológicos, como rochas metamórficas do período Paleoproterozoico, que datam até 2 bilhões de anos.

Poste um comentário

comente aqui..

Anúncio Publicitário

Banner