Home

GOVERNO DO RN
VALORIZAÇÃO DA VIDA



Nova estratégia habilitará 1,3 mil equipes especializadas, das quais 22 estarão no Rio Grande do Norte, para trabalhar com foco no alívio da dor, controle de sintomas e apoio emocional


Estima-se que em todo o país cerca de 625 mil pessoas necessitem de cuidados paliativos, ou seja, atenção em saúde que permita melhorar a qualidade de vida daqueles que enfrentam doenças graves, crônicas ou em estágio avançado. Nesse contexto, visando proporcionar uma experiência mais digna e confortável para pacientes, familiares e cuidadores, o Ministério da Saúde lançou a Política Nacional de Cuidados Paliativos no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS)

A expectativa é que 1,3 mil equipes sejam habilitadas para realizar esse cuidado com foco no alívio da dor, controle de sintomas e apoio emocional. No Rio Grande do Norte, serão implementadas 22 equipes de cuidados paliativos.



DEFINIÇÃO
São os cuidados de saúde ativos e integrais prestados à pessoa com doença grave, progressiva e que ameaça a continuidade de sua vida.

OBJETIVO
Promover a qualidade de vida do paciente e de seus familiares através da prevenção e alívio do sofrimento, da identificação precoce de situações possíveis de serem tratadas, da avaliação cuidadosa e minuciosa e do tratamento da dor e de outros sintomas físicos, sociais, psicológicos e espirituais.

Poste um comentário

comente aqui..