Home

GOVERNO DO RN
A Polícia Civil do Rio Grande do Norte, em conjunto com o Corpo de Bombeiros, com a Companhia Energética do Rio Grande do Norte (Neonergia Cosern), Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) e com a Secretaria de Estado da Fazenda (SEFAZ), deflagrou mais uma fase da “Operação Sucata”, nesta quinta-feira (06), com o objetivo de fiscalizar ferros-velhos e empresas de reciclagem, reprimindo a receptação de materiais comercializados nos estabelecimentos, em especial os fios de cobre, alvos de furtos nos últimos meses no Rio Grande do Norte. Na ocasião, um homem foi preso por desacato.

Durante as diligências, quatro estabelecimentos localizados no bairro Bom Pastor, Zona Oeste de Natal, foram inspecionados. Em um desses locais, a Polícia Civil encontrou 2.280 quilos de fios de cobre, 27 quilos de argolas de bronze provenientes de furtos e roubos em cemitérios e três fornos embalados para incinerar fios sem documentação fiscal ou licença ambiental. Hidrantes da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) também foram recuperados.

Com o apoio da Diretoria de Polícia Civil do Interior (DPCIN), a ação contou com a participação das delegacias distritais de Natal e municipais da Grande Natal, por meio da Diretoria de Polícia Civil da Grande Natal (DPGRAN). As fiscalizações da Operação Sucata contam com um caráter pedagógico e preventivo, no sentido de orientar os proprietários das empresas a não comprar ou comercializar material sem procedência.

A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações, de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil do Rio Grande do RN (SECOMS)

Poste um comentário

comente aqui..