segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Após sofrer violência, desembargador pede que juízes sejam mais rigorosos em audiências de custódia

O desembargador Cláudio Santos concedeu entrevista ao RNTV, da Intertv Cabugi, e comentou sobre o sequestro que sofreu o motorista do seu filho na manhã desta segunda-feira, 14.
"Um sentimento de insegurança que aflora de forma bem significativa", disse Santos que já foi secretário de segurança pública do estado.

Audiências de custódia
Cláudio Santos apelou aos juízes para que sejam mais criteriosos na liberação de presos durante audiências de custódia. "Conclamo os juízes para que sejam mais rigorosos na hora dessas audiências. Os (presos) reincidentes não podem ser mais liberados e aqueles que cometem formas graves de crimes como sequestros, homicídios", disse Santos.

Em setembro de 2015, o Pleno do Tribunal de Justiça do RN aprovou o funcionamento da audiência de custódia, onde os presos em flagrante deverão ser apresentados a um magistrado em um prazo de até 24 horas após a lavratura do seu auto de prisão. Na época, o presidente do TJRN era Cláudio Santos.

31 comentários:

  1. Agora é para ter mais rigor? Quando era só o "povo" não precisava ne?

    ResponderExcluir
  2. quando a violência assola o pobre, o cidadão comum a justiça não se mexe, mas qdo atinge um "Deus" ai fica mais rigorosa. Tenha santa paciência!

    ResponderExcluir
  3. Agora que atingiu a Corte ficam de mimimi

    ResponderExcluir
  4. O velho ditado, pimenta no do outro e refresco

    ResponderExcluir
  5. Tomar veneno do proprio copo que serviu tem gosto muito mais amargo.

    ResponderExcluir
  6. Ora, ora, ora. Pisou no calo deles e eles querem apertar. Enquanto era no nosso, tudo bem. Estatística. Agora querem virar o jogo. Sempre tive a seguinte opinião: quando os marginais partirem para amigos, parentes, filhos, noras, genros de "autoridades" - juizes, desembargadores, deputados, senadores, governadores - aí nós pobres mortais teremos a tão sonhada sensação de segurança, pois o sistema vai funcionar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma história puxa outra...aqui na minha cidade, a dengue estava em alta, e ninguém fez nada pra matar os mosquitos, mas quando o mosquito picou o pai do secretário de saúde, ele mandou pulverizar, mas só no quarteirão que o pai dele mora...kkkkk moral da história, eles vão reforçar somente a segurança deles, o povo que peça misericórdia de DEUS!

      Excluir
  7. Essa audiência é pra saber se o preso sofreu algum tipo de agressão por parte da polícia,só serve pra isso.

    ResponderExcluir
  8. Tem que acontecer agora com a imprensa com promotores e políticos que dá apoio a bandidos porque bandidos tateando mais apoio do que cidadão de bem e polícia é eles que manda agora.

    ResponderExcluir
  9. Tem que acontecer agora com a imprensa com promotores e políticos que dá apoio a bandidos porque bandidos tateando mais apoio do que cidadão de bem e polícia é eles que manda agora.

    ResponderExcluir
  10. Colheu o que plantou

    ResponderExcluir
  11. Juízes, bando de frouxos, sabem que ao liberar o vagabundo ele vai deliquir de novo, seja contra o reles mortais ou contra os poderosos do Brasil. Tenham mais coragem, peitem esse CNJ mostram que vocês tem discernimento e mandem os vagabundos pra cadeia.

    ResponderExcluir
  12. Só agora eles sentes na pele o que sintimos todos os dias. Juízes, deixem de frouxura e coloquem vagabundos na cadeia,independentemente sr a vítima é Desembargador, Juiz,Parlamentar ou qualquer um dos poderosos do Brasil. Vocês tem que ser machos e enfrentar esse CNJ que nada mais é do que parte de um plano para desmoralizar o Brasil. Juízes, essa Audiência de Custódia é um freio que querem segura-los, mas não abaixem a cabeça pra esses "Doutores" que não o São. Doutores são vocês, Decidem com as vossas convicções e não pela deles. Confio na magistratura.

    ResponderExcluir
  13. Olha as coisas mudando de figura, mexeram com eles, agora querem mudar o regime.

    ResponderExcluir
  14. Agora aguenta e não reclama da sua criação (audiência de custódia)

    ResponderExcluir
  15. O que podemos esperar de um pais que tudo acaba em pizza. Um presidente que se empidera do cargo para usar como escudo. Gastando 156 milhoes comparando voto declaradamente e nada é feito. Cono diz o Papinha isso são umas leis shibata. Onde já se viu. Não pode comprar voto para se eleger. Corretissimo. Mas pode descaradamente Comprar voto para se esconder da lei. Que pais é esse?? Onde vamos chegar???

    ResponderExcluir
  16. Quando atingir mais um caso de violência em mais 01 desembargador ,aí sim mudam a lei

    ResponderExcluir
  17. Eles tem porte de arma, vão atrás,kkkkkkk

    ResponderExcluir
  18. E o sequestro foi"apenas",do motorista do filho....

    ResponderExcluir
  19. Felizmente aconteceu com eles uma vez,agora eles sabem o que acontece com agente todos o dias.nas audiencias de custodia os marginais são vistos como os coitadinhos,e as vitimas são os verdadeiros culpados.e a policia é quem leva a culpa pôr prender o marginal que acabara de cometer um ato ilicito e podendo responder inqueruto adm na Pm ou Pc adepender qual seja a interpretação do juiz.observaram a verdadeira vitima que perde um celular bolsa carro geralmente não é lembrada.e quando é traficante esses são sempre vitimas da falta de oportunidade e omissão do governo na falta de emprego,quando ficam presos viram os intocaveis,mandam causar panico na cidade toque de recolher queima de onibus assasinatos em fim.e nós que trabalhmos pagamos nossos impostos é quem ñ tem os nossos direitos assegurados de IR e VIM.

    ResponderExcluir
  20. Não se assustem isso é "brasil" tarra de ninguém ou melhor terra de politicos corruptos e de poderosos que tudo podem e de cidadãos trabalhadores q tudo aceita, tarra onde o bandido, vagabundo, desonestos tem amparo da lei, enquanto o trabalhador só tem direito a pagar impostos.

    ResponderExcluir
  21. Não se assustem isso é "brasil" tarra de ninguém ou melhor terra de politicos corruptos e de poderosos que tudo podem e de cidadãos trabalhadores q tudo aceita, tarra onde o bandido, vagabundo, desonestos tem amparo da lei, enquanto o trabalhador só tem direito a pagar impostos.

    ResponderExcluir
  22. Olha só como eles andam motorista particular do filho, deveria ter acontecido o ministro Levandowiski pois foi ele que criou essa merda toda.

    ResponderExcluir
  23. Não se desesperem, fatalmente muito breve essas ocorrências estarão chegando a eles com mais frequência.É assim que começa, até alcançar TDs. Então,como o fato acima entenderão o que acontece com os "mortais".

    ResponderExcluir
  24. Audiência de Custódia uma vitória conclamada dos direitos humanos, querendo imitar países de primeiro mundo, quando na realidade foi feita exclusivamente para não prender os vagabundos que dizem ser vítima da sociedade, e ao mesmo tempo deixar os policiais de mãos cruzadas , pois se o vagabundo acusa o policial o mesmo é processado, então pra quer o policial vai ariscar seu salário e sua vida pra prender um elemento e no mesmo dia ele ser liberado , isso é enxugar gelo , direitos humanos têm que ser para humanos direitos, o Brasil tá tudo invertido , muito difícil viver nesse país

    ResponderExcluir
  25. Kkkk,finalmente alguém de lá entendeu a música do biquíni cavadão "ZÉ NINGUEM".Lhe pergunto vossa excelência: Gostou de se sentir como o povo? Né como pimenta nos olhos dos outros é refresco? Seja bem vindo ao mundo real. O nosso mundo.

    ResponderExcluir
  26. Quero é que todos eles passem por uma dessas.

    ResponderExcluir
  27. A coisa só funciona quando os calos dos poderosos são pisados.É pra pisar sem dó.

    ResponderExcluir