Home

GOVERNO DO RN
A expectativa é que o primeiro foguete da China lançado à Lua toque sua superfície amanhã, menos de duas semanas depois que ele partiu da Terra, segundo noticiou a imprensa chinesa.
O pouso vai fazer da China um dos três países - depois dos Estados Unidos e da antiga União Soviética - a mandar expedições à superfície da Lua, e o primeiro a fazê-lo em mais de três décadas.
Chang'e-3, a nave espacial não tripulada, deve pousar em uma planície chamada Sinus Iridum, ou Baía de Arco-íris, pouco depois de 15:00 (hora na China) em 14 de dezembro, de acordo com a agência de notícias Xinhua.
A expedição vai patrulhar a superfície da lua, e estudar a estrutura da crosta lunar, bem como do solo e rochas, por pelo menos três meses.

Poste um comentário

comente aqui..