domingo, 17 de fevereiro de 2019

Porto de Natal não possui scanner para detectar drogas em contêineres.


Frutas Frescas
De acordo com as informações da equipe técnica do IDIARN, o Serviço Agrícola e Pecuário do Chile reconheceu os municípios do Oeste do Estado do RN, da área livre, propícios para produção de frutas frescas para exportação.
Isso significa caminho aberto para os portos chilenos.


Scanner
                A recente apreensão de toneladas de cocaína em meio a carga de frutas para exportação no Porto de Natal pode ser intensificada se for adquirido um aparelhinho básico de fiscalização: um scanner para detectar drogas em contêineres.

Tribuna do Norte, 17 de fevereiro


Nenhum comentário:

Postar um comentário