segunda-feira, 8 de abril de 2019

Desembargadora do RN não consegue compor lista para concorrer ao TST

Resultado de imagem para pleno tst
Só deu homem 
Não foi dessa vez que a desembargadora Maria Auxiliadora Barros de Medeiros Rodrigues conseguiu furar o cerco dos membros do TST, que privilegiou os homens do sul e sudeste para compor a lista tríplice que concorre à vaga de ministro do Tribunal Superior do Trabalho.
Aliás, o TST perdeu uma grande oportunidade de indicar uma mulher. 

Os escolhidos
A corte superior do Trabalho enviou os nomes dos desembargadores Wilson Fernandes, do TRT da 2ª Região (SP), Francisco Rossal de Araújo, da 4ª Região (RS), e Evandro Pereira Valadão Lopes, da 1ª Região (RJ) para livre escolha do presidente Jair Bolsonaro.

Tribuna do Norte, 07 de abril

Nenhum comentário:

Postar um comentário