segunda-feira, 25 de novembro de 2019

Natal está engajada em atividades que combatem violência contra as mulheres

INFORME PUBLICITÁRIO
Esta segunda-feira (25) marca o Dia Internacional da não Violência Contra as Mulheres. Em Natal, a data faz parte da campanha internacional encampada pela Prefeitura Municipal do Natal com a Secretaria Municipal de Políticas para a Mulher (Semul), “16 dias de ativismo pelo fim da violência contra as mulheres”. Os eventos têm por objetivo a conscientização e a mobilização da sociedade para que denuncie todos os tipos de violência praticados contra meninas e mulheres no Brasil e no mundo. 

As mobilizações nesta segunda-feira (25) acontecem em dois lugares. Das 13h às 17h30, na Capitania das Artes, no bairro da Ribeira, será realizado o Seminário “Saúde Integral da Mulher: uma questão de saúde pública”. O seminário temático visa a dar voz às mulheres das regiões da cidade e reuni-las em um espaço democrático, para que suas necessidades sejam pautadas e que elas tenham voz, vez e lugar.

Também nesta segunda-feira (25), segue aberta a exposição do Projeto Donas da Rua, no Shopping Midway. A exposição tem o objetivo de empoderar meninas e mostra personagens femininas da Turma da Mônica como mulheres icônicas da história do mundo. Os painéis com as artes de cada personagem também trazem uma breve biografia das mulheres representadas.

Iniciada na última terça-feira (19/11), com evento em alusão ao Dia Nacional da Consciência Negra, a capital potiguar participa da campanha com seminário, exposição e diversas mobilizações. A Prefeitura de Natal está promovendo uma programação intensa, organizada pela Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres (Semul), até o dia 10 de dezembro, Dia Internacional dos Direitos Humanos.

A campanha em Natal ainda realiza ações como debate com a comunidade feminina, profissionais e representantes da rede sócio-assistencial, parceria com os Embaixadores da Paz, com programação voltada à autoestima, autocuidado e fortalecimento de vínculos e a não violência contra a mulher. A proposta, explica a secretária de Políticas para Mulher, Andréa Ramalho, é chamar a atenção para fatores que naturalizaram a agressão das mulheres. “Por isso, inserimos no calendário da Prefeitura a aula show com atriz Zéze Motta, que ocorreu no Espaço Cultural Ruy Pereira (a artista cantou, dançou e falou sobre “Resistência, diálogo e canto” e recebeu a Comenda Zumbi dos Palmares)”.


CONFIRA O QUE AINDA ESTÁ PROGRAMADO:
Data: 04/12
Local: Dom Bosco
Horário: 8h30 às 12h
Seminário Semul na Rede

Articulação e fortalecimento dos serviços na perspectiva da atenção integral aos beneficiários dos projetos Mulheres da Paz e Protejo. Encontro com os representantes da rede sócio assistencial do bairro Nossa Senhora da Apresentação para planejar fluxos, demandas, referências e contra referências por meio de exposições dos serviços, estudos de caso e discussão coletiva.


Data: 06/12
Dia Nacional de Mobilização dos Homens pelo Fim da Violência contra as Mulheres.
Campanha: do Laço Branco
Data: 07/12
Local: Escola Municipal Nossa senhora da apresentação
Horário: 09h às 17h
Voluntários pela Paz
A ação beneficiará os 100 jovens selecionados do Protejo, mais 50 suplentes com uma programação voltada à promoção da autoestima, autocuidado e fortalecimento de vínculos, tudo na perspectiva da organização internacional - YSP - Youth&Students for Peace que estimula jovens a criar projetos para a paz e está vinculada aos Embaixadores da Paz.


Data: 10/12
Dia internacional dos Direitos Humanos



Nenhum comentário:

Postar um comentário